Sobre Hidroponia

O que é a Hidroponia?

Hidroponia consiste no cultivo em estufa, sem contato com o solo, onde é fornecida uma solução nutritiva balanceada com água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta.

Caraterísticas e Vantagens

  • Respeita o meio ambiente (Não poluente)
  • Economia de água em 75% e fertilizantes em 80%, em comparação com a agricultura tradicional
  • Reduz o risco de doenças (toxoplasmose)
  • Melhor defesa contra pragas e insetos
  • Maior uniformidade da produção
  • Possibilidade imediata de reposição das culturas
  • Plantio fora da época e em ambiente protegido
  • Possibilidade de utilização de fertilizantes de síntese orgânica que permite um cultivo biológico
  • Melhoria na qualidade do produto final
  • Produto mais limpo e duradouro

Sistemas Hidropónicos

Existem diversos tipos de sistemas de cultivo hidropónicos que se diferem quanto:

  • À sustentação da planta (meio líquido ou substrato)
  • Ao reaproveitamento da solução nutritiva (circulantes ou não circulantes
  • Ao fornecimento da solução nutritiva (contínua ou intermitente)

A escolha do sistema de cultivo hidropónico depende das condições locais, da planta a ser cultivada, dos materiais disponíveis e da viabilidade económica.

O principal sistema hidropónico utilizado é o de Fluxo Laminar de Nutrientes (NFT). É uma técnica que utiliza um sistema onde as plantas crescem com o seu sistema radicular num canal de cultivo com solução nutritiva (água e nutrientes) que circula, em intervalos bem definidos e controlados por tempo.

História da Hidroponia

A palavra hidroponia é originária de dois radicais gregos: hidro, que significa água e ponos, que significa trabalho, ou seja, trabalho em água sem utilização de solo.

O cultivo hidropónico é bastante antigo, contudo, somente na década de 30 surgiram avanços realmente significativos da hidroponia para que esta pudesse ser usada em escala comercial. Curiosamente, a primeira produção de alimentos hidropónicos em grande volume ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial.

A necessidade do cultivo em hidroponia deveu-se à alta incidência e severidade de doenças provenientes do solo e à grande escassez de água, a solução foi evitar o seu uso, diminuindo assim a sua saturação e contaminação.